15 de Janeiro de 2007

Há quem goste do Ben Stiller e vai gostar bastante deste “Night at the Museum”. Há quem não goste e também vai gostar. Há quem não ligue grande coisa... mas ainda assim vai esboçar uns sorrisos.

Um filme leve, onde Ben é um jovem na casa dos 40 que continua à espera do grande “break” na vida dele. Tem um filho que se envergonha dele e é divorciado. No fundo Ben é aquilo a que chamaríamos de um “parasita da sociedade”.

Ao se aperceber que não pode continuar a desapontar o filho, descobre que tem de arranjar um emprego fixo e consegue ganhar uma posição no museu de história antiga. A posição que efectivamente conseguiu foi nada mais nada menos que a de Guarda Nocturno.

Ao passar a primeira noite, no seu trabalho ele apercebe-se que as estátuas e bonecos de cera, bem como os ossos de dinossauros e miniaturas ganham vida. Aperceber-se… não é bem assim… ele digamos que… entra em conflito com um certo Atila e um chimpanzé… ahh e nada de especial… o esqueleto de um Tiranossaurus Rex!

É um filme de domingo à tarde para ver com a família. Têm imensas piadas forçadas, mas também têm a dose de humor genial caracteristica de Ben Stiller. A química  entre grandes actores como o próprio Ben Stiller e Robin Williams, bem como a dupla Steve Coogan e o sempre presente Owen Wilson, são autenticos deleitas para quem gosta de comédias. Curioso é também o “cameo” de Eddie Murphy no filme.

6/10.

publicado por Ricardo Fernandes às 14:36 link do post
tags: ,
15 de Janeiro de 2007

Este é um daqueles filmes destinado a ser amado, ou odiado. Eu felizmente farei sempre parte dos primeiros, aqueles que amam o filme.

Dois jovens aspirantes a mágicos em pleno século XIX, vão competir entre si para provarem quem é o melhor “ilusionista” vivo. Mais do que um filme sobre ilusionismo ou demasiado fantasista, trata-se de um filme com os pés bem assentes em terra firme, que vai alternar temas, como vingança, obsessão, crueldade, amor. É curioso como alguns dos temas são recorrentes em filmes de Christopher Nolan (Memento, Batman Begins).

“Are you watching closely?”, é precisamente a dica para entendermos este filme. Se estivermos com atenção, conseguimos captar todas as pistas, bem montadas e entrelaçadas que precisamos para deslindar o filme. Seria cruel da minha parte revelar mais sobre esta obra do cinema, Sendo que consigo compreender a insuficiência para levar alguém ao cinema. Se não confiam em mim quando digo “vejam o filme”, confiem nas cinco razões que vos aponto:

- Christopher Nolan. O mentor, realizador e co-escritor deste filme. Com imensas provas dadas.

- Christian Bale. Conhecem-no de Batman Begins, mas a carreira dele está magistrada de pérolas como “American Psicho” ou “The Machinist”. Ele é de facto um excelente actor.

- Hugh Jackman. Talvez o novo menino bonito de Hollywood com mais talento desperdiçado em filmes menores, dos últimos 5 anos.

- Scarlett Johansson. Mais que corpo e cara ela também sabe representar… quem diria?

- Michael Caine. Querem mesmo que eu escreva?

Se isto não chega sempre podem ver o David Bowie num papel muito curioso.

Em suma, “The Prestige” é um jogo de polícias e ladrões, que nos faz reflectir sobre a moral e a condição humana.

9/10.


publicado por Ricardo Fernandes às 14:11 link do post
tags: ,
Janeiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
18
19
20
21
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Posts mais comentados
23 comentários
22 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
19 comentários
17 comentários
16 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
2016...Para Luz eu te ordeno!..Para luz eu te Orde...
De mora muito parece que n gosta de ganhar dinheir...
Postagem de 2006 comentários 2012 e ja no final de...
To esperando até hoje!! kkk..
cara o jason é o maior maniaco dos filmes o filme ...
Eu me apaixonei com ele
2014 E NADA DE CONSTANTINE 2 ???????????
Gosto muito deste filme não só gosto...
Ele é um boneco muito ruin. Apesa tamb&eacu...
Deculpa mas é velho mesmo
blogs SAPO