17 de Abril de 2008


Muita gente diz que estas criaturas nasceram para aproveitar a euforia que existia em torno dos Gremlins, o facto é que a história embora mais tardia parece ter sido construída ou pensada mais cedo. Pelo menos a supor o que diz o Produtor do primeiro filme.

 

Mas afinal que bichos são estes? São uma raça de seres extra-terrestres malévolos que provocam o caos e destruição por onde passa. Como é obvio, acidentalmente vem parar À terra e semeiam “a tragédia, o horror” numa pequena cidade do Kansas. Como podem ver pela imagem, eles são pontiagudos, feios que nem uma porta, e apresentam-se sobretudo em três cores: azul marinho, cinza e preto. Deslocam-se enrolados sobre si mesmos (mais ou menos como o Sonic… hmm será que veio daqui?), atingindo velocidades estonteantes e do seu aspecto pontiagudo, lançam dardos que imobilizam ou metem os seus inimigos inconscientes. Os Krites (nome original) também são carnívoros e comem as suas vitimas, ou bocados delas… Apenas no primeiro filme e talvez por ser a raça original vinda do espaço, também crescem de tamanho.

 

Existem quatro filmes, estando programado há imenso tempo um quinto. No primeiro filme entra Billy Zane (hoje em dia mais conhecido por ser casado com Kelly Brooke) quase em Cameo e Leonardo di Caprio é a estrela do terceiro filme.

publicado por Ricardo Fernandes às 18:43 link do post
07 de Novembro de 2007



Já pensavam que me tinha esquecido desta rubrica não? Pois esteve enterrada nos meandros da minha mente durante muito tempo. Para recomeçar, nada melhor que não um mito do terror (agora vejo o erro de ter uma rubrica com um nome tão castrante, mas não há que chorar por leite derramado),mas sim uma das personagens mais assustadoras e ao mesmo tempo deliciosamente nobres do cinema: Dr. Hannibal Lecter.

 

Durante a minha pesquisa, descobri que em 1985, existe um filme chamado Manhunt. Esse filme, escrito e realizado por Michael Mann, é directamente baseado no livro “Red Dragon”, que mais tarde viria a dar origem ao terceiro filme da “saga” de Lecter (ainda que cronologicamente o segundo da saga, contando com Hannibal Rising). Descobri também várias curiosidades. Infelizmente nunca li os livros (não me deu para aí) e pude constatar que os livros e os filmes são bastante diferentes, principalmente o “Hannibal”, sendo o final do livro, completamente diferente do filme (mas assustadoramente diferente… O livro é muito mais interessante e torna a personagem de Clarisse… muito mais… “apetitosa”). Fiquei a saber também que “Hannibal Rising” em guião, surgiu primeiro que o livro e foi produzido (segundo Thomas Harris, o autor), completamente contra vontade. Dino de Laurentis que detinha os direitos da personagem, desde Manhunt, contactou Harris que queria fazer um filme sobre a juventude de Lecter e informou-o que caso não aceita-se fazer este guião, daria esse direito a alguém. Harris na verdade não tinha, nem queria fazer este filme.

 

De qualquer forma e como foi uma desilusão para mim, creio que Lecter deve ser dissecado em adulto, onde é muito mais interessante. Onde sei que vou passar muito tempo a pensar em como vou escrever este texto… mas aqui vai!

 

Psiquiatra, como nos é introduzido em Red Dragon, Hannibal Lecter surge-nos como um brilhante psiquiatra que no seu cárcere, escreve inúmeros artigos, para jornais da sua especialidade sendo inclusivamente reconhecidos embora ele esteja preso e considerado um canibal psicótico. Lecter, é também cirurgião e psicólogo forense, ou pelo menos é assim que nos é apresentado em 2 livros, uma vez que tanto Will Graham (que o prende) e mais Clarice Starling tentam usa-lo para fazerem “profiles” a assassinos.

Quando penso em Hannibal, as palavras requinte, charme, elegância, sabedoria vêm-me à cabeça. Conforme nos é apresentado em “Hannibal”, Lecter é também um “chef gourmet”, sempre com requintado gosto pela cultura e arte (ou não come um dos membros de uma orquestra, porque estava a desafinar). Pois é verdade, ainda não havia referido: Hannibal é um canibal. Ele come carne humana. Sabemos agora através de Hannibal Rising que se deve a um trauma de criança (também o saberíamos se tivéssemos lido, Hannibal e não visto o filme).

 

De tudo o que possa escrever, nada nunca será melhor que ver a interpretação de Sir Anthony Hopkins. É por ele que Hannibal é sobejamente conhecido e é devido à sua magnifica interpretação que o conseguimos ver como um misto de sabedoria e charme contra um psicopata canibal. Afinal de contas até ganhou um Óscar.

 

Não sendo um texto, sublime, pois há realmente imagens que valem mil palavras, creio que para se sentir Hannibal, tem de ser Hannibal através de Hopkins. De qualquer forma e para continuar a rubrica… quem é o próximo mito? Quem querem que seja?

 

P.S. Lecter ou Lektor como aparece no filme foi interpretado por Brian Cox e Will Graham por William Petersen, o Gil Grissom de CSI, em Manhunt!

publicado por Ricardo Fernandes às 11:00 link do post
11 de Dezembro de 2006



Tudo começa em 1988, quando um detective de Chicago consegue encurralar um notório assassino numa loja de crianças. O “patife” é, nada mais, nada menos que Charles Lee Ray mais conhecido como o Estrangulador de Lakeshore.

Charles é ferido mortalmente por uma bala e sem fuga possível, recorre à velha arte mágica de voodo para se salvar. Estando numa loja de crianças e sem nenhum corpo humano ao ser redor a não ser o do polícia, transfere a sua “essência” para um Good Guy Doll (Boneco na altura muito na moda…).

Andy é um rapaz de 8 anos, cuja mãe (solteira) não tem uma vida financeira saudável e embora o seu filho seja tudo para ela, não lhe pode dar o presente (o miúdo faz anos nesta altura do filme) que ele mais quer: um Good Guy Doll. Muito triste quando vê o filho receber roupa “absolutamente necessária”, numa caixa exactamente do tamanho de uma dos Good Guy’s (eu disse que a mãe gostava dele não disse?) e vendo a decepção do filho, acaba por aproveitar um negócio da China que um mendigo lhe propõe ao vender-lhe um Good Guy Doll.

Este boneco não nada mais nada menos que Charles, agora conhecido como Chucky. Pouco tempo após ser oferecido a Andy começa a falar com ele. Conta-lhe quem é, ensina-lhe asneiras e inicia o que a sua “essência” psicótica sempre fez, neste ou noutro corpo: Matar!

Chucky apercebe-se que o seu corpo de plástico começa a tornar-se de carne e osso. Vai  passar o resto da sua vida num boneco de plástico. Ao encontrar o seu velho mestre de voodo, este diz-lhe que terá de se transferir para o corpo da pessoa a quem primeiro revelou o seu verdadeiro nome. E o vencedor é? Andy!

Naturalmente, Chucky persegue o rapaz, neste primeiro filme e em mais dois, sendo que o resultado não sofre alterações... é sempre o mesmo: Perde!

Mais tarde serão lançados outros dois filmes de Chucky: A Noiva de Chucky e A semente de Chucky, que serão certamente (num futuro não muito distante) filmes  a ser catalogados na secção dos filmes “mais valia estar quieto”.

É o boneco mais temível do cinema… o “Howard The Duck” e o E.T. que se cuidem…

Nome: Charles Lee Ray (Chucky para os amigos)

Género: Masculino

Raça: Caucasiano

Data de Nascimento e Morte: 1950 - 1988 (Como Charles Lee Ray)

Inimigos: Toda a gente!


publicado por Ricardo Fernandes às 17:39 link do post
13 de Outubro de 2006



Hoje é um dia mítico: Sexta-Feira 13. E que melhor dia então para continuarmos com os mitos de horror com Jason Vorhees?

Nem devia ser com ele… Devia ser com Pamela Vorhees a sua mãe, mas essa fica para outra altura. Pois bem, o dia negro e mítico do azar, da maldição e da magnificência do mal.

Jason Vorhees é uma criança nascida em 1946 com uma deformação mental e física. Aos 11 anos (1957), morre no lago do Acampamento de Crystal Lake afogado, pois os seus monitores estavam a fazer sexo em vez de tomar conta das crianças. Um ano depois cheia de dor pela morte do seu único filho, Pamela Vorhees mata os dois monitores que ela considera responsáveis pela morte do filho. O Acampamento é encerrado e só reabre em 1979. É aqui que inicia o primeiro filme desta enorme saga e razão pela qual, este post deveria ser de Pamela Vorhees e não do seu filho. Nesta sexta-feira 13, Pamela vai executar o resto da sua vingança e mata toda a gente presente (inclusive um Kevin Bacon muito novo) até ser decepada por Alice, a única sobrevivente.

Um ano depois (já o segundo filme), quando esta última está a recuperar do que aconteceu, um homem invade a sua casa mete a cabeça decepada de Pamela Vorhees no frigorífico e espera até que Alice o abra. Nessa altura mata-a com um picador de gelo.

É a primeira aparição de Jason. Aparentemente, Jason não morrera afogado. Tinha-se salvo e crescido nas matas de Crystal Lake. Teria visto a sua mãe ser decepada e aí executou a sua vingança. No segundo filme, Jason usa um saco (que se diz ser uma fronha de almofada) na cabeça. Só no terceiro filme começa a usar a sua imagem de marca: a máscara de hóquei.

Do segundo para o terceiro filme, há uma mudança brutal na história de Jason. Incompreensivelmente este passa a ser imortal. Nunca morre, por mais tentativas que haja, não há teorias sobre isto não há nada! Aliás em Jason X é-nos dito que as forças policiais dos EUA conseguem finalmente apanha-lo e sentencia-lo à pena de morte. A tarefa no entanto não é facilmente executável…

Jason mata quem peca. Quando digo pecar… bem, digamos que todos estávamos feitos em carne picada se o tipo aparecesse por estes lados. Quem fuma drogas, tem sexo pré-nupcial, é estúpido, ou atrasado mental, Jason mata! Aparentemente só não mata cães e criancinhas.
 

Nome: Jason Vorhees

 Nascimento: Junho 13, 1946

 Localização: Acampamento Crystal Lake

 Vestuário: Máscara de hóquei, roupas sujas e rotas, blusão.

 Arma: Machete

 Objectivo: Matar toda a gente “que peca”.

 Inimigos: Toda a gente (excepto criancinhas).

 Body Count: 146 vítimas (até agora, Freddy VS. Jason incluído).

publicado por Ricardo Fernandes às 11:33 link do post
26 de Setembro de 2006


Um serial killer não é de todo um assassino de cereais e sim um assassino em série! Esclarecido este ponto, dedico uma nova secção no blog: Mitos de Terror

Michael Myers é a personagem central da saga de filmes conhecida como Halloween. Participa em 7 dos 8 filmes desta saga, sendo que o terceiro é o único que nada tem a ver com a mística ou história à volta deste cruel assassino.

Conhecido também como The Shape, Myers matou a sua primeira vítima com 6 anos de idade, na noite de 31 de Outubro de 1963, a noite de Halloween. A vítima é nada mais, nada menos, que a sua irmã Judith de 17 anos de idade. Michael é então internado e passam 15 anos até que fuja e volte à sua terra natal. É “inicio da matança”. Dr. Loomis o seu psiquiatra, segue-o e tenta-o impedir de matar toda a gente, mas apenas consegue impedir que mate, aquela que mais tarde sabemos ser a sua irmã mais nova, Laurie Strode. Na cena final deste primeiro filme, Myers leva com 6 tiros, caí de uma varanda de 2 metros e quando todos pensam estar morto: desaparece!

É o melhor filme. A partir daí a saga tem bons e maus momentos. A explicação para Myers ser imortal e o porque de andar atrás da sua família, advém nestas sequelas. Aparentemente como é explicado no sexto filme Myers é vítima da maldição de Thorn. Onde se acredita que para salvar o mundo da destruição uma pessoa é escolhida para matar toda a sua família e nada o fará parar até acabar a sua missão.

Ficha Técnica:

Nome: Michael Myers

Nascimento: Outubro 19, 1957  

Localização: Haddonfield, Illinois

Vestuário: Fato de Mecânico e uma máscara do Capt. Kirk.

Arma Favorita: Faca de cozinha.

Objectivo: Matar a sua família.

Inimigo: Toda a gente.

publicado por Ricardo Fernandes às 16:08 link do post
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
2016...Para Luz eu te ordeno!..Para luz eu te Orde...
De mora muito parece que n gosta de ganhar dinheir...
Postagem de 2006 comentários 2012 e ja no final de...
To esperando até hoje!! kkk..
cara o jason é o maior maniaco dos filmes o filme ...
Eu me apaixonei com ele
2014 E NADA DE CONSTANTINE 2 ???????????
Gosto muito deste filme não só gosto...
Ele é um boneco muito ruin. Apesa tamb&eacu...
Deculpa mas é velho mesmo
blogs SAPO