09 de Outubro de 2007

Este é para mim o terceiro melhor filme de toda a saga e o segundo em termos do “projecto inicial”. Este ultimo termo entre parênteses é empregue, pois o ultimo filme intitulado de “New Nightmare” eleva a franquia a outro nível completamente diferente dos sete anteriores. Assim sendo três razões principais para ser um dos melhores: o regresso de Wes Craven, o regresso de Heather Langenkamp e um elenco muito bom (Patrícia Arquette e Lawrence Fishburn por exemplo).

 

Wes Craven não voltou à realização mas foi um dos escritores do argumento. Deve ter pensado, após ter visto o segundo… é melhor eu meter o dedo nisto, antes que digam que o meu também é muito mau. A história de Freddy e o regresso completo aos pesadelos, ganham um novo fôlego que irá permitir a expansão da história até à oitava participação em filmes do grande ecrã. Na sua história, quase de índole mítica, descobrimos que Freddy é filho de uma freira que ficou fechada na ala... “maníaca” durante um fim-de-semana. Estavam 100 dos piores assassinos e violadores considerados doentes mentais pela sociedade e durante esse fim-de-semana Freddy foi concebido.

 

Wes sabia que depois do insucesso do segundo filme, a única maneira de salvar a personagem era faze-la crescer. Freddy aparece mais forte e audaz neste filme. A sua força provém das almas que consome ao assassinar as crianças. Pode agora transformar-se nas mais variadas formas (afinal de contas tudo é possível nos sonhos). Craven sabia que muito do sucesso do primeiro filme vinha de uma protagonista e não de um. Sabia que a personagem de Nancy foi vital para esse sucesso. Porque não voltar à carga?

 

Um grupo de jovens está internado num hospital psiquiátrico. Sofrem todos de privação de sono. Todos são atormentados pela mesma figura horrífica com garras na mão direita, uma camisola às riscas, chapéu e terrivelmente queimado. Um por um, começam a morrer. Para os médicos, tudo aparenta para o suicídio quando afinal é Freddy que os anda a matar nos seus sonhos. Nancy é agora uma estagiaria de psicologia e nesse hospital vai fazer tudo por tudo, para enfrentar o seu velho arqui-inimigo e ajudar as suas crianças.

 

A realização deste filme ficou a cargo de Chuck Russell (The Mask, Eraser). Ele consegue captar aquele ambiente soturno que Craven tem no primeiro filme, ao mesmo tempo que mostra Freddy na sua totalidade, não o escondendo em sombras. Russell aposta em grande nos efeitos especiais, desde marionetas, a cobras gigantes, este filme tem um pouco de tudo. Têm inclusive, o início do elemento jocoso, ou de paródia que daqui em diante acaba por arruinar a série. Começam também as frases míticas como: “Welcome to Prime Time, Bitch”.

 

Como é óbvio, o facto de poder contar com um elenco que mais tarde, vem a ter nomes gigantes no cinema, ajuda a realçar o que é bom neste argumento. Embora não seja fraco, é certo que não sobreviveria sem as fortes actuações de Heather Langenkamp e da estreante Patrícia Arquette.

 

8/10

publicado por Ricardo Fernandes às 13:57 link do post
tags: ,
Curto bués a música da banda sonora- Dream warriors!
Abraço
Dreamweaver a 10 de Outubro de 2007 às 00:50
A Trilha Sonora é com certeza o melhor desse filme. Na minha opinião comparado aos demais é o melhor de toda a série!
gryffonyori a 21 de Outubro de 2007 às 21:23
É um dos melhores da saga e sem duvida a Banda sonora ajuda!
Ricardo Fernandes a 22 de Outubro de 2007 às 11:43
Outubro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
26
27
28
30
31
Posts mais comentados
23 comentários
22 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
19 comentários
17 comentários
16 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
2016...Para Luz eu te ordeno!..Para luz eu te Orde...
De mora muito parece que n gosta de ganhar dinheir...
Postagem de 2006 comentários 2012 e ja no final de...
To esperando até hoje!! kkk..
cara o jason é o maior maniaco dos filmes o filme ...
Eu me apaixonei com ele
2014 E NADA DE CONSTANTINE 2 ???????????
Gosto muito deste filme não só gosto...
Ele é um boneco muito ruin. Apesa tamb&eacu...
Deculpa mas é velho mesmo
blogs SAPO