09 de Julho de 2007

Acção, acção mil vezes acção. É a única forma de catalogar este filme. Do início ao fim é calamitosamente devastador. Como é óbvio e depois do que já tinha sido feito, este que é provavelmente o ultimo filme com a mítica personagem de John McClane, fecha em chave de ouro, esta agora saga.

 

Após ter salvo um edifício inteiro cheio de terroristas, um aeroporto e uma cidade, mais de 20 anos depois, McClane volta agora para salvar o país. Quase reformado e ao que parece a andar atrás dos namorados da filha (a belíssima Mary Winstead), é-lhe pedido que escolte um hacker (magnificamente interpretado por Justin Long), até ao centro de segurança nacional. Para variar, McClane é a personificação da velha máxima: lugar errado na hora errada. Quando vão partir, o hacker sofre uma tentativa de assassinato e o nosso “cowboy” lá se vê envolvido no maior ataque terrorista aos EUA, liderado por Timothy Olyphant (o próximo Hitman).

 

A partir daqui temos duas horas da melhor acção que vi nos últimos tempos. Pelo que me pareceu, usou-se o mínimo efeitos digitais, pareceu-me ser um filme muito “old school”, o que é interessante uma vez que o tema do filme é do mais “digital” possível. Entre sangue, explosões, quedas, explosões, tiros, explosões, porrada com fartura e mais explosões, podemos sempre contar com o carismático humor e sarcasmo inconfundível de McClane.

 

Ainda que o filme seja completamente de Bruce Willis, temos de salientar o acompanhamento de Justin Long, que está agradavelmente bem no filme. De Olyphant, não podemos apresentar grandes falhas. A persongem que interpreta não é má na sua essência, não é um terrorista profissional, embora tente sê-lo por vezes, mas sobretudo Olyphant não é Jeremy Irons ou Alan Rickman. Seria o mesmo que comparar Bruce Willis a Jack Nicholson.

 

Vale a pena ver no cinema, pois só assim se vê a magnitude deste filme até mesmo desta saga (sim que referencias aos anteriores é o que não falta até dos agentes do FBI do primeiro filme)!

 

9/10 Merecia um final mais… explosivo! Mas ainda assim um grande “Viva” para o realizador Len Wiseman.

 


publicado por Ricardo Fernandes às 16:17 link do post
tags: ,
Bruce Willis está disposto a fazer um Die hard 5! Por isso é melhor ver como é que as coisas andam e esperar por mais um! Qts mais melhor, sobretudo se for como este!
Abraço
Dreamweaver a 11 de Julho de 2007 às 08:51
Enfim... é a treta do costume... Um grande abraço!
Que grande filme, nao vou dizer que passei o filme inteiro com as unhas agarradas á cadeira do cinema... Excepcional!
Herlander a 14 de Julho de 2007 às 19:14
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
16
17
19
21
22
24
25
27
28
29
30
Posts mais comentados
23 comentários
22 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
19 comentários
17 comentários
16 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
2016...Para Luz eu te ordeno!..Para luz eu te Orde...
De mora muito parece que n gosta de ganhar dinheir...
Postagem de 2006 comentários 2012 e ja no final de...
To esperando até hoje!! kkk..
cara o jason é o maior maniaco dos filmes o filme ...
Eu me apaixonei com ele
2014 E NADA DE CONSTANTINE 2 ???????????
Gosto muito deste filme não só gosto...
Ele é um boneco muito ruin. Apesa tamb&eacu...
Deculpa mas é velho mesmo
blogs SAPO