09 de Abril de 2007

Frank Miller teve sempre o dom de criar aventuras fenomenais ou recriar personagens. É por ele que Batman ganhou uma nova vida, sendo a saga “The Dark Knight” dele e é por ele também que Daredevil chegou a ter a dimensão que hoje têm. Em relação às suas obras Miller já tinha demonstrado em Sin City que não deixará o seu projecto em mãos alheias. Ele têm (e ainda bem) de controlar o desenrolar do filme, para não fugir em nada ao que sonhou quando o escreveu e desenhou.

Quem leu o comic 300, vai notar várias diferenças visuais, o castanho predominante na BD, foi substituído por azuis e vermelhos vivos e o visual ficou muito mais… digamos… fashion (tendo o mesmo já acontecido a Sin City). Mas o sumo argumentativo, está lá. Não foge um milímetro sequer ao comic.

A história já é conhecida. A Pérsia invade a Grécia, por questões politicas (“e não só”), nada se poderá fazer para travar esta invasão. Nada… até Leonidas, Rei de Esparta, decidir que não morrerá escravo de um estado estrangeiro. Ele e a sua guarda pessoal de 300 homens, decide deter os cerca de 10 milhões de Persas que caminham para a conquista da Grécia.

Há quem chame este filme de épico, outros de neo-épico, o certo é que o filme deu que falar. Mal aceite pela crítica, mas muito bem aceite pelo público. Este filme não é como Tróia ou Gladiador, aliás qualquer comparação com estes filmes é completamente infeliz, pois estamos na presença de algo sobejamente maior.

Tecnicamente estamos na presença de uma obra de arte. As lutas, o desmembramento, o sangue é todo feito ao pormenor. O efeito de camera lenta, com mudanças bruscas de ângulo ou a velocidade mais rápida são constantes. O facto é que consegue-se perceber aquilo que realmente quer ser transmitido, a operância deste exército de 300 em uníssono, como se fossem um só!

O filme mistura, este realismo de batalha, com elementos de introspecção e com elementos jocosos, o facto é que está tão bem desenhada a forma como se interliga que quando Leonidas grita, seja o que for, a vontade é pegar na espada e no escudo para lutar ao lado dele.

Tudo isto deve-se a Zack Snider, que já tinha feito o remake que mais gostei até hoje (Dawn Of The Dead) e demonstrou neste filme (onde foi também co-argumentista) que tem jeito para a coisa. Gerard Butler pelo contrário não foi uma surpresa. Foi a confirmação do talento deste actor. Desde Drácula a Fantasma da Ópera (onde cantou durante as filmagens o que é um feito, visto que a maioria dos artistas cantou em estúdio), o homem já fez de tudo e talvez seja desta que vai para voos mais altos. Rodrigo Santoro cumpre excelentemente o seu papel. Como Xerxes, o Deus-Rei vivo, ele está praticamente irreconhecível. Parece que agarrou um lugar em Hollywood!

9/10 Magnifico.

publicado por Ricardo Fernandes às 20:02 link do post
tags: ,
Gerard Salvé!
Filipa a 9 de Abril de 2007 às 22:22
'Unless I miss my guess, we're in for one wild night!'
Dreamweaver a 9 de Abril de 2007 às 22:28
Acho que em termos de ser fiel à BD o Sin City era mais quase ao pormenor. Mas não estou a dizer que as alterações em 300 são negativas.
Como acontecia em Sin City este filme respira Banda Desenhada, se colocarmos algumas páginas ao lado de algumas cenas do filme a semelhança é incrível. Maravilhosa a forma como em Cinema mantiveram a magia dada por Lynn Varley quando coloriu a BD 300.
Concluindo, é um filme poderoso, gostei muito.
Gabriel a 9 de Abril de 2007 às 23:37
Touché :)
Knoxville a 10 de Abril de 2007 às 00:34
Tonight We Dine in Hell! É absolutamente lindo! Obrigado Dream, Gabriel, Knox e Pipa!
Ricardo Fernandes a 10 de Abril de 2007 às 14:30
Abril 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
Posts mais comentados
23 comentários
22 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
19 comentários
17 comentários
16 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
2016...Para Luz eu te ordeno!..Para luz eu te Orde...
De mora muito parece que n gosta de ganhar dinheir...
Postagem de 2006 comentários 2012 e ja no final de...
To esperando até hoje!! kkk..
cara o jason é o maior maniaco dos filmes o filme ...
Eu me apaixonei com ele
2014 E NADA DE CONSTANTINE 2 ???????????
Gosto muito deste filme não só gosto...
Ele é um boneco muito ruin. Apesa tamb&eacu...
Deculpa mas é velho mesmo
blogs SAPO