16 de Junho de 2008

Voltar a ver Indiana Jones no cinema após tantos anos é sempre um prazer, Independentemente do filme ter a qualidade dos anteriores ou não. Muita tinta correu já sobre este filme e confesso que me perdi em tantas críticas más acerca do filme. Às vezes de tal maneira devastadoras que chegaram a ser cruéis e desmerecidas, para com o mais famoso arqueólogo da história do cinema.

 

É verdade que o filme peca em muitos capítulos, mas diverte. Também peca na diversão e no surrealismo com que se demonstra, mas creio ter sido uma decisão propositada de quem “o desenhou” e não propriamente um engano ou um erro. Todos já sabem sobre o tema principal do filme e cuja “religião” versa, portanto não vale a pena falar mais do mesmo.

 

Indiana Jones já não é o que era e aceita essa condição na integra. Há milhares de piadas acerca dessa sua condição. Sejam piadas físicas onde Indy já não consegue fazer o que fazia ou mesmo o próprio a reconhece-lo. É talvez aqui um dos pontos em que peca por demasia. Mas sobre a estrutura do filme em si, há que dize-lo não foge muito aos anteriores, aliás está cheio de homenagens aos anteriores, citações e até “cameos” da arca da aliança. E as novas personagens também acrescentam um ar da sua graça à saga, embora as senhoras "monstras" do cinema, não estejam tão bem... culpa do argumento, mas que fazer!

 

Têm a introdução (como no primeiro, onde se conhece o Némesis desta história), tem uma série de peripécias que não terão a ver com a história, tem conversas com o estado (militares, tal como no primeiro filme) e é neste caso reintroduzido na história principal da acção à procura de personagem com quem já se relacionou (primeiro e terceiro filmes). Também como no segundo, versa sobre uma “religião” desconhecida pela maioria dos espectadores. A Ciêntologia e o fascínio que ela possa suscitar, bem como as teorias do povo da atlantida ou do berço das civilizações Maya e Egípcias, não são o suficiente para cativar um povo profundamente judaico-cristão (claro culturalmente). Foi uma grande mente que ainda este sábado me disse uma expressão de Dalai Lama, que não posso deixar de concordar e de vos deixar aqui aquilo que creio ser a explicação para o total insucesso. “Embora uma pessoa mude de religião ao longo da sua vida, a verdade é que aquela que aprendeu em pequeno nunca deixará de o perseguir e ser sua até ao fim dos seus dias”. Mais palavra, menos palavra, a razão para o sucesso tanto do primeiro como do terceiro filmes foi o facto do “mito tratado” estar intimamente ligado à nossa cultura (e os filmes serem bons como o caraças), ao passo que ciêntologia, como foi o hinduísmo no segundo filme, não ter motivo para tanto sucesso. É aí a peça fulcral de desinteresse. Infelizmente e embora tenha inúmeras referências de ao primeiro e terceiro é no campo onde se assemelha ao segundo que é pior. A inexistência da procura arqueológica é brutal. Parece que o que interessava era só acção, acção e acção. Podiam ter gasto um pouco mais de tempo no mistério da descoberta e menos em situações de Macacada e frigorificos radioactivos.

 

Peca sobretudo em 3 pontos chave, na exaustão da piada da velhice, no surrealismo com que tudo se sucede e no próprio argumento, que é atabalhoado e mal construído. Mas é o Indiana Jones e revê-lo fez-me voltar a sonhar e saber porque raio é que me licenciei em História...

 

8/10 - Porque fartei-me de rir e fartei-me de vibrar!  

publicado por Ricardo Fernandes às 21:13 link do post
tags: ,
Os outros filmes são completamente surrealistas também, mas concordo qauando dizes que podiam ter dado mais ´tempo aos mistérios.

Mas tal como tu diverti-me imenso e gostei.

Por acaso não associei à cientologia, mas apenas às teorias de que aliens tiveram influência no desenvolvimento de alguns povos antigos, como já tinha sido abordado no stargate com os Egípcios.

Sei que a cientologia tem a ver com aliens, li algures que caíram num vulcão e as suas almas causam dor e sofrimento aos humanos, claro qie não faço ideia se é mesmo nisto que eles acreditam afinal eles aparentam tentar manter tudo em segredo.

Abraço
Loot a 17 de Junho de 2008 às 16:32
Podia ter sido melhor... mas lá está... é indy. um abraço!
Apenas para que fique devidamente registado.... : "Foi uma grande mente que ainda este sábado" SOU EU A GRANDE MENTE AQUI MENCIONADA!
Filipa a 20 de Junho de 2008 às 22:52
Junho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados
23 comentários
22 comentários
20 comentários
20 comentários
20 comentários
19 comentários
17 comentários
16 comentários
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
2016...Para Luz eu te ordeno!..Para luz eu te Orde...
De mora muito parece que n gosta de ganhar dinheir...
Postagem de 2006 comentários 2012 e ja no final de...
To esperando até hoje!! kkk..
cara o jason é o maior maniaco dos filmes o filme ...
Eu me apaixonei com ele
2014 E NADA DE CONSTANTINE 2 ???????????
Gosto muito deste filme não só gosto...
Ele é um boneco muito ruin. Apesa tamb&eacu...
Deculpa mas é velho mesmo
blogs SAPO